.comment-link {margin-left:.6em;}

quinta-feira, outubro 20, 2005

 

Coisa de viciado

Desde abril, quando sai da banda que tocava, não faço nenhum show. Nesse meio tempo, fiz alguns ensaios. Mas o incrível é como o lance de subir no palco faz falta. Essa história de tocar vicia a gente com o tempo. E olha que os "shows" não são nada de mais, são nos bares e casas noturnas da cidade, mas tocar para as pessoas é muito bom, é gostoso ver a reação quando é uma música conhecida. Quando se tem um trabalho próprio essa conquista do público é mais demorada, e as vezes nem aconteçe.
Estou vendo se minha atual "quase banda" sai do papel (ou seja, dos ensaios) e cai na rua. Enquanto isso vou me contentando em tocar em casa. Mas baixista tocar sozinho é meio chato. É como tocador de tuba: monótono...

Comments:
Pelo jeito, tocar sem palco e sem platéia é um prazer solitário, uma forma de se aliviar.

É como bater punheta ao invés de transar.

Melhor encontrar outros parceiros logo antes que cresçam ainda mais pelos nas suas mãos! :)
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?